Férias em condomínio: 4 dicas para garantir a segurança dos moradores


Um dos principais motivos que levam as pessoas a morarem em condomínios fechados é a segurança. Devido ao monitoramento 24 horas por dia e à menor circulação de estranhos, o risco de ser roubado ou furtado é consideravelmente menor. Mas, quando chega o período de férias, muitos moradores deixam suas casas por algumas semanas, abrindo oportunidades para criminosos agirem.

Mesmo com as estruturas de proteção de um condomínio, ainda há uma boa chance de que algum problema passe despercebido nessa situação. Como síndico, também é seu trabalho tomar algumas atitudes para que não ocorra nenhum furto na ausência dos moradores.

Caso você esteja em dúvida sobre como se preparar para as férias em condomínio, siga as 4 dicas que separamos abaixo.

1. Ampliar o monitoramento eletrônico

A ideia das câmeras de segurança é cobrir os pontos cegos dos edifícios, onde há pouca ou nenhuma circulação de pessoas. Porém, quando a maior parte dos moradores está viajando, há muito mais pontos cegos em todo o condomínio, o que aumenta drasticamente os riscos.

Uma forma de compensar isso é instalar e ativar novas câmeras de segurança ou deixar câmeras específicas ativas na maior parte do dia. Mesmo que apenas durante esse período, ter mais alguns olhos espalhados pelo local pode ajudar a detectar problemas com certa antecedência.

2. Preparar a equipe para eventualidades

Antes de chegar ao período de férias em condomínio, você precisa garantir que a equipe de segurança e manutenção do local esteja preparada para algumas mudanças de rotina. Isso envolve desde uma notificação simples sobre a ausência de parte dos residentes até a realização de treinamentos específicos.

Durante essa época, todos devem ter cuidado redobrado em relação a visitantes, áreas mais vulneráveis a invasões e casas que não foram devidamente fechadas antes da saída dos moradores. Mesmo pequenas alterações podem ajudar a proteger o condomínio mais facilmente.

3. Pedir aos moradores que notifiquem quando se ausentarem

Se você sabe que alguém não está em casa, certamente vai suspeitar de uma luz acesa ou visita inesperada. Por isso, é importante que os moradores informem ao síndico que estarão fora por um tempo e quando pretendem retornar.

Lembre-se de perguntar aos residentes sobre o assunto ou informar à equipe de segurança para coletar essas informações — inclusive se eles vão receber alguma encomenda no período em que estiverem fora. Isso ajuda os profissionais a ficarem mais atentos e minimiza os riscos.

4. Solicitar o nome e contato de algum responsável

Geralmente, se você vai deixar sua casa vazia por muito tempo, é recomendado entrar em contato com algum familiar ou vizinho para pedir que ele verifique o lugar de vez em quando. A pessoa ficará encarregada de regar as plantas, abrir as janelas para deixar o ar circular etc.

Caso um morador saia, pergunte se deixou alguém responsável pela casa e peça um contato. Isso garante que sempre haja algum sinal de vida e também evita mal-entendidos com a segurança.

Com as dicas acima, fica mais fácil manter a segurança durante as férias em condomínio. Mesmo pequenas atitudes podem fazer uma grande diferença na segurança do local. Fonte: conacimoveis.com.br

Posts Em Destaque
Posts Recentes
001.png