Diferenciando Conflitos entre Condôminos


Todos os condomínios possuem seus condôminos que se avizinham e usam os espaços comuns. Não raro vizinhos discordam, ou um prejudica o outro de alguma forma e, na maioria das vezes, o síndico é solicitado para mediar ou solucionar o problema. Quando o síndico for procurado para mediar reclamações de condôminos, ele deve seguir os seguintes passos: 1. Extrair o relato da forma mais clara e objetiva do condômino reclamante, preferencialmente de forma expressa (e-mail, carta ou livro de ocorrência), e verificar a autenticidade da denúncia. Para tomar providências, o síndico precisa ter informações verídicas do fato. 2. Procurar na convenção, atas, regimento e legislação se de fato existe alguma transgressão na ocorrência. O síndico não tem autonomia para cobrar ou penalizar irregularidades a regras que não estão pautadas em algum lugar. É necessário que a regra exista em algum documento. 3. Atestada a transgressão pela veracidade do fato e pela expressão da regra, o síndico precisa conversar com o condômino que está em desacordo. Trata-se de um momento delicado, ninguém gosta de ser cobrado ou ter sua atenção chamada por alguma situação. O síndico deve abordar o condômino inicialmente de forma impessoal tentando fazer com que ele perceba o mal que está fazendo para seus vizinhos (nunca informar quem foi o condômino reclamante). Observação: Verificar em atas, convenção e regimento se já há definidas formas de notificações, por exemplo: primeira verbal, segunda expressa.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
001.png