CONDOMÍNIO NO INVERNO: A ÉPOCA PERFEITA PARA MANUTENÇÃO

Baixas temperaturas e menor circulação de pessoas permitem manutenções maiores nas áreas comuns Baixas temperaturas e menor circulação de pessoas permitem manutenções maiores nas áreas comuns


Mal caem as temperaturas, já ficamos em casa, no quentinho da lareira ou do cobertor. Com isso, a circulação de moradores no condomínio reduz significativamente, especialmente se for em cidades praianas, o que facilita a realização de manutenções periódicas, sejam elas preventivas ou corretivas. Separamos algumas dicas que podem auxiliar nesses processos. Confira!


Uma das principais demandas é a limpeza de piscinas. Como no período frio há uma menor utilização dessa área, se torna a época ideal para realizar uma limpeza mais completa, além de realizar manutenção em motores, filtros e revestimentos (seja a piscina de azulejos ou vinil) e deques e pisos das áreas ao redor. “É possível esvaziá-la, mas não se faz necessário, pois, hoje em dia, muitas manutenções, inclusive no fundo da piscina, podem ser feitas por mergulhadores, não sendo necessário o esvaziamento”.


Aproveite a época para renovar o paisagismo, pois é quando ocorre o repouso e a dormência das plantas. Assim, quando chegar a primavera, as plantas irão florescer adequadamente e no período correto.


É bastante comum o aparecimento de trincas, fissuras, manchas e desplacamentos de fachadas, por conta da movimentação de materiais, que aumenta com as oscilações de temperatura ao longo do dia.


Vistorias nas instalações de gás não devem ser esquecidas. Com o aumento de banhos quentes, é imprescindível de que tudo esteja em ordem, para evitar imprevistos. Limpeza e vistoria de calhas, limpeza de ralos de captação pluvial e vistoria de algerosa também são imprescindíveis.


No inverno, podem ocorrer chuvas fortes que põem à prova a estrutura do prédio, por isso, vale a pena checar as seguintes partes:

• Janelas

• Vidros

• Antenas de TV

• Grades de proteção

• Pastilhas da fachada

• Placas de publicidade

• Telhas

• Para-raios

• Árvores

• Paredes


No caso de apartamentos, a fiação também deve ser verificada, por conta da utilização de chuveiros elétricos, a fim de evitar possíveis choques ou incêndios.


Aproveite para realizar a impermeabilização do prédio. Assim, evita-se o aparecimento de paredes amareladas e/ou mofadas, por conta de infiltrações, vazamentos e goteiras, que podem, inclusive, comprometer a segurança do condomínio.


Nesse período, também pode ser realizada a dedetização, a fim de eliminar focos de mosquitos, moscas e baratas, para que, quando chegue o verão, não haja proliferação de doenças como dengue, zika e chikungunya. “Segundo a legislação vigente, a dedetização deve acontecer a cada 6 meses, portanto, a realização depende da data da última”. Fonte: lcdcondominios.com.br

Posts Em Destaque
Posts Recentes
001.png