Como organizar uma festa no condomínio sem incomodar a vizinhança?

Um dos campeões de reclamações nos condomínios é o barulho. Esse envolve uma série de fatores, como crianças gritando em horários inapropriados, música alta, cães latindo, discussões acaloradas e confraternizações realizadas por vizinhos. Quando se trata de festa no condomínio, é muito comum ver moradores entrando em conflito ou indo até o síndico para pedir providências.


Porém, para preservar a boa convivência e evitar desavenças, de maneira com que os eventos não incomodem a vizinhança e, ao mesmo tempo, sejam divertidos e tranquilos para anfitriões e convidados, é possível contar com algumas boas práticas.


Confira a seguir!


Como organizar uma festa no condomínio sem incomodar a vizinhança?

A área comum mais disputada dentro dos condomínios é o salão de festas. Segundo um levantamento realizado pela administração de condomínios, Lello, em 70% dos finais de semana do ano esses espaços estão reservados. Isso sem contar os apartamentos, que costumam ter visitas e eventos menores constantemente.


Por isso, é fundamental que todos os moradores observem as regras fixadas no regimento interno sobre festa no condomínio e, além disso,tenham regras de conduta para que haja um bom convívio. Veja algumas boas práticas para garantir que os eventos ocorram com tranquilidade:


Não exagerar no barulho

Em uma festa no condomínio, assim como em qualquer outro ambiente, é normal que haja animação, descontração e uma certa dose de exaltação. Porém, em ambientes de moradia coletiva, é essencial ter um maior controle do nível de barulho.


Por mais que aqueles que não estão comemorando normalmente tenham uma tolerância maior no caso de eventos, convém não exagerar para evitar conflitos.


Optar pelo salão de festas

Por mais que seja mais confortável realizar certos tipos de festas no condomínio na própria unidade, o ideal é optar pelas áreas comuns, como churrasqueiras e salões de eventos.


Isso porque esses espaços costumam ter uma tolerância maior de horários e não se encontram tão próximos da residência de outros condôminos, fazendo com o que barulho permaneça distante.


Uma questão importante a se frisar é que os convidados devem ficar restritos ao ambiente onde está sendo realizada a festa e evitem ficar transitando pelas dependências do empreendimento, o que pode incomodar a vizinhança.


Solicitar vistorias antes e depois da utilização

Quando for realizada uma festa no condomínio é importante que o condômino solicite uma vistoria ao síndico antes e depois do evento, para garantir que todos os aspectos referentes ao ambiente estejam documentados. A ação serve para que não restem dúvidas de quem é o responsável no caso de avarias na estrutura ou na decoração dos locais, por exemplo.


Ficar atento às normas de limpeza

As normas de limpeza relacionadas a festas em condomínios dependem de cada regimento interno. Ou seja, cada edifício estabelece suas próprias regras para áreas comuns conforme o perfil dos moradores, suas prioridades e necessidades. Vale estar a par do que é solicitado antes de iniciar um evento.


É muito importante também, ficar atento(a) a comunicação do local, como avisos obrigatórios e de emergência.


Avisar quem serão os convidados

Ao oferecer uma festa no condomínio, é fundamental que o condômino elabore uma lista de convidados e a entregue na portaria para evitar problemas. Além disso, no caso de vagas de estacionamento para visitantes, é importante informar quais são os veículos e placas autorizados a acessar o local.


As regras para utilizar as áreas comuns do condomínio visam a boa convivência entre todos os moradores. Aqueles que desobedecem as normas contidas no regimento interno podem sofrer sanções e multas por comportamento antissocial, estabelecidas pelo síndico dependendo da situação.

Posts Em Destaque
Posts Recentes